Poesias

19 de abril
Dia do Índio! Sou de Maués!
Urariá
Por:
Inácia Caldas Puga
No leve murmurar de tuas águas
Percorrem os versos da minha vida
Águas profundas que desnudam o meu viver
Invadindo lembranças de uma existência Sateré-Mawé.

Em ti vejo o Rio em que nasci
Vejo os meus irmãos trazendo jaraqui
Vejo o Lago do Limão
Lago Grande
Limãozinho...
E tantos outros Rios e Lagos
Que me fazem pensar
Que me fazem sorrir
Que me fazem cantar
Que me fazem chorar...

É através de ti
Urariá!
Que vejo tudo isso!