Poesias

Os olhos do waraná
Por:
Inácia Caldas Puga
Os olhos do waraná
São lembranças dos meus ancestrais
Do olho direito do curumim
Da mãe Onhamuacabé
São lembranças de mim!

Os olhos do waraná me fazem chorar
Pois saí de Maués para estudar
Mas nunca esqueci os amigos de lá.

Os olhos do waraná invadem o âmago do meu coração
Por que a tristeza não quer passar?
Se os olhos do waraná me trazem lembranças tão boas de lá?

Hoje eu estou assim
Sentimental
Pensativa
Se tudo o que faço por meu povo realmente é bem interpretado ou não...

Penso em um dia reencontrar meu waraná
Tão lindo me contemplando
E me olhando sério dizendo:
"Inacinha não me esqueça, eu faço parte de você..."!
Obra do artista maueense Roberto Paiva
Obra do artista maueense Roberto Paiva